Como checar os detalhes do seu processador via terminal no Linux

 



imagem shell


Alguns programas existentes podem fornecer as informações sobre o seu processador, porém é possível checar as mesmas através do shell do sistema operacional Linux. Como, por exemplo, fabricante, modelo, arquitetura, frequência, números de processadores, arquitetura, frequência, Hyper threading.


1 - Fabricante e modelo do processador

Existe um arquivo ( /proc/cpuinfo ) no Linux onde fica guardadas várias informações sobre o processador e para checar essas informações é preciso fazer uma busca. O comando utilizado aqui será o cat e o grep.

O exemplo de busca do fabricante é apresentado abaixo.


 $ cat /proc/cpuinfo | grep vendor | uniq
 
 vendor_id	: GenuineIntel 

O fabricante desse processador é a empresa Intel.


Exibindo informação do modelo.


 $ cat /proc/cpuinfo | grep 'model name' | uniq
 
 model name	: Intel(R) Core(TM) i5-2430M CPU @ 2.40GHz 

O processador apresentado é um Core i5 2.4Ghz.


2 - Arquitetura

Para descobrir a arquitetura do seu processador é somente necessário utilizar os comandos 'lspcu' e 'head'.


 $ lscpu | head -n 2
 
 Arquitetura:           i686
 
 Modo(s) operacional da CPU32-bit, 64-bit
 

Temos aqui um processador de 64 bits ( i686 ), que pode trabalhar em 32 e 64bits.


3 - Frequência

A frequência pode ser obtida através do comando 'lscpu' ou do arquivo /proc/cpuinfo, porém o valor exibido pode ser diferente do valor máximo que o processador pode operar, porque os processadores mais modernos tem a capacidade de diminuir a sua frequência para economizar energia do computador.


Frequência com o lscpu:


 $ lscpu | grep -i mhz
 
 CPU MHz:               800.000
 

Frequência no /proc/cpuinfo :


 $ cat /proc/cpuinfo | grep -i mhz | uniq
 
 cpu MHz		: 2401.000
 

4 - Quantidade de processadores

Antes de mostrar como se verifica a quantidade de processadores é importante ressaltar a tecnologia Hyper Threading que foi desenvolvida pela empresa Intel. Esta consegue simular em um núcleo de processamento físico dois processadores lógicos. Tal fato permite que o sistema operacional envie tarefas para estes processadores lógicos como se estive enviando para dois núcleos físicos.

Baseando-se no fato que agora você entende a diferença entre processador lógico e físico, podemos iniciar a verificação do números de núcleos através do shell no Linux.

A verificação da quantidade de núcleos pode ser feito através do comando lscpu.


 $ lscpu

 Arquitetura:           i686

 Modo(s) operacional da CPU32-bit, 64-bit

 Byte Order:            Little Endian

 CPU(s):                4

 On-line CPU(s) list:   0-3
  
 Thread(s) per núcleo   2

 Núcleo(s) por soquete 2

. . .

Entendendo os dados:

- CPU(s) é o total de processadores;

- Thread(s) per núcleo é o número de processadores que o sistema operacional visualiza por cada núcleo;

- Núcleo(s) por soquete exibe o total de processadores físicos;


Núcleo(s) por soquete : 2 x Thread(s) per núcleo: 2 = CPU(s): 4

Ou seja, existem 2 processadores físicos que utilizam a tecnologia Hyper Threading e funcionam como se fossem 4 processadores.